Economia no Brasil

O Brasil é o parceiro econômico da Alemanha mais conhecido na América Latina.


O Brasil pertence ao grupo de países chamado BRICS e é visto pela Alemanha como o país do futuro e porta de entrada para o mercado da América Latina. Aqui será implantado o futuro da mobilidade elétrica de toda a América Latina. Empresas alemãs mantêm relações estreitas com a economia brasileira; sua parcela na produção brasileira gira em torno de 16%. O potencial para a construção de uma cooperação econômica entre os dois países é grande. Mesmo com o tímido crescimento de apenas 2% neste ano, as chances de desenvolvimento econômico permanecem positivas a longo prazo. Isso inclui também os recursos de saúde, mercado interno e o nível de investimento em infraestrutura do país. Neste contexto, os fabricantes de automóveis alemães estão ampliando suas unidades no Brasil: o Grupo Volkswagen possui cinco unidades de produção, a BMW está construindo uma nova montadora de 200 milhões de euros em Joinville (SC), e a Audi está investindo no seu sítio de produção em Curitiba (PR). Em ambos os países, a rede do AWARE constrói suas relações estratégicas com universidades parceiras, UFPR e UFSC, para que no futuro, e não menos importante, os participantes do programa possam apresentar conhecimentos também sobre a língua e cultura do novo gigante econômico, chamado Brasil.

Estudo e estágio no Brasil

Economia de Curitiba (Estado do Paraná)

Curitiba (PR) encontra-se na região sul do Brasil, a aproximadamente 400km de São Paulo e separado 110km do oceano. Graças a sua economia, com diversas empresas de pequeno e grande porte (Volkswagen / Audi, Bosch, Siemens, Renault, etc.), Curitiba destaca-se em relação a outras cidades do Brasil. Morar em Curitiba vale a pena! Para os moradores, os “curitibanos”, parques bem cuidados são de grande importância para a cidade. Quanto à formação acadêmica, Curitiba apresenta uma das mais antigas e renomadas universidades federais do país:


Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Ecomomia de Florianópolis (Estado de Santa Catarina)

A região de Santa Catarina é conhecida pelas suas belezas naturais, história e povo. Aqui, a população vive por mais tempo e com mais qualidade do que em demais lugares do país. Florianópolis (ou “Floripa”) é a capital do estado de Santa Catarina e apresenta o índice de desenvolvimento IDH1 em torno de 0,840. Internacionalmente, o índice é visto como elevado e dentro do país, a cidade ocupa a segunda posição, atrás somente da capital federal. Das 33 regiões metropolitanas do país, as 4 melhor posicionadas pertencem ao estado de Santa Catarina: a grande Florianópolis, Joinville, Blumenal e Tubarão. Florianópolis é considerada como a capital com a melhor qualidade de vida e a quarta melhor localidade para se morar entre todas as do Brasil, segundo os critérios da ONU.  “Floripa” também tem o maior crescimento econômico das últimas três década. A sua renda per capta cresce a uma taxa de 6% ao ano e atualmente corresponde a 19.665 US -Dollar – acima da média nacional. Não por coincidência, a revista Newsweek considerou a capital de Santa Catarina como uma das dez cidades com maior crescimento no planeta, em sua edição europeia de 3 de Julho de 2006. O custo de vida é considerado baixo, quando comparado a outros lugares do país, e o sistema de educação é muito bem estabelecido, o qual inclui a universidade parceira da rede AWARE, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Financiamento

Como parte do projeto científico AWARE – Applied Network on Automotive Research and Education, Ingolstadt foi escolhida como uma das duas universidades de ciências aplicadas no país a serem financiadas. No total, 117 universidades e faculdades se candidataram para receber o apoio.

A rede - DAAD promove cooperação internacional